top of page

As dependências


No domingo dei um jeito no meu pulso direito. Já não me acontecia há alguns anos, pois os anos que fui guarda redes na minha equipa de Andebol na Preparatória deixou mazelas nestas articulações.


Como sou dextra, a tendência é colocar a mão direita à frente e para tudo! E estes dois dias tenho-me debatido com esta dificuldade e do quanto dependo de determinadas características ou capacidades do meu corpo e até do meu Mundo.


E ontem, com o blackout das redes sociais que funcionam na alçada do Facebook, é fácil para mim entender que estou a ser instruída na não dependência. Não me fiar.


Por isso, ando a descansar o pulso direito e agilizar mais com a mão esquerda.

Por isso, vou dedicar mais atenção ao meu site, ao meu blogue e à minha newsletter.


Quais as tuas reflexões nestes tempos de questionamento nos hábitos e dependências?


Bom dia ☀️


.


4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page